Notícias

Doenças cardiovasculares ainda são a principal causa de morte no mundo


As doenças cardiovasculares, como cardiopatia isquêmica e infartos, continuam sendo a primeira causa de mortes no mundo — em 2011, 17 milhões de pessoas morreram em decorrência da condição. O dado faz parte de uma lista divulgada nesta segunda-feira pela Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre as principais causas de mortalidade. Segundo a OMS, as doenças cardiovasculares já lideravam a classificação em 2000.

Doenças como a tuberculose, por outro lado, foram perdendo a sua importância em relação às causas de morte no mundo ao longo dos anos. Essa doença era a oitava causa de mortalidade em 2000, caiu para a 13ª posição em 2011. A tuberculose é a única causa de mortalidade a sair da lista das dez doenças mais letais da OMS entre 2000 e 2011.

Os acidentes de trânsito agora aparecem no ranking, em nono lugar, sendo responsáveis pela morte de 1,3 milhão de pessoas em 2011. Ou seja, 3.500 mortes por dia — 700 a mais por dia em relação a 2000, ano em que ocupava a 11ª posição.

Segundo a OMS, as doenças não transmissíveis foram responsáveis por dois terços de todas as mortes registradas no mundo em 2011. Além das cardiovasculares, as doenças do tipo que provocam o maior número de mortes são câncer, diabetes e doença pulmonar crônica. As doenças transmissíveis, maternas, perinatais e nutricionais foram as causas de uma em cada quatro mortes registradas nesse mesmo ano.

Fonte: Veja.com


« Voltar